Ootiful Soo resulta de uma pesquisa sobre a leitura e a informação nos tempos modernos.

Atualmente, o ato de ler é tido quase como inconsciente e leviano. Lê-se por toda a parte – seja a marca dos óculos ou a capa de uma revista – mas o cruzamento de temáticas no dia-a-dia não permite uma linha de leitura coesa. Numa mesma página, misturam-se artigos sobre a guerra no Irão com anúncios de papel higiénico «de luxo». A informação luta pelo controlo e, na sociedade moderna, é raro chegar-se ao cerne da questão.

Numa atitude provocatória, Ootiful Soo distrai propositadamente o leitor, promovendo uma interação entre ambos, com o objetivo de instigar uma reflexão sobre esta nova experiência de leitura.